Aldeia Maracanã

Acordei com a notícia do batalhão de choque entrando no antigo Museu do Índio (Rio de Janeiro). O acontecido, já mais do que previsto, nos faz repensar o porquê de tudo isso. Tudo mesmo. Amo o Brasil, mas aqui não há preservação do passado. Construções, ruas, monumentos… Tudo é deixado de lado até chegar nesse ponto. Aos poucos estão demolindo a História e a Cultura. Quanta coisa importante já foi ao chão.

Soube que o local não era só moradia dos índios e que estava completamente largado. Já que não preservaram e querem photoshopar o Rio para os eventos esportivos, que fosse feito de forma civilizada. Até defensor público levou spray de pimenta na cara! Essa é a realidade da cidade.

Na hora do almoço, eu e um amigo pegamos um metrô para resolvermos um problema no centro do Rio e fui comentando com ele o que tinha visto na TV. Depois de nos ouvir por algum tempo, um senhor acabou entrando na conversa e disparou momentos antes de sairmos do transporte: “Tinha que invadir mesmo! Índio é tudo vagabundo!“.

Poderia ter voltado e continuado mais duas estações debatendo com ele o assunto. Que as coisas são muito mais complicadas do que ele pensa. Infelizmente, não valia a pena. Gostaria sim de um Brasil com porte para todos os eventos. Monumental aos olhos do Mundo. Mas primeiro, os problemas básicos deste país devem ser resolvidos. O comportamento e a mentalidade do brasileiro precisa mudar.

Não… Naquele momento não valia a pena voltar.

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Observar

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s